UFLA na mídia: pesquisa sobre formas de recuperação de ambientes degradados em Mariana é destaque no G1 Sul de Minas

Uma pesquisa coordenada pela professora Soraya Alvarenga Botelho, do Departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Lavras (DCF/UFLA), avalia se as espécies nativas da região de Mariana (MG) foram afetadas com o rompimento da barragem do Fundão, buscando saber se essas serão capazes de germinar, crescer e sobreviver adequadamente sobre o material constituído pela lama.

Apesar de a pesquisa ainda não ter sido concluída, alguns resultados já podem ser constatados. Segundo Soraya, os experimentos indicam que, a longo prazo, será possível a recuperação da área atingida pelos rejeitos em Mariana.

Confira as matérias completas em:

Dcom: https://bit.ly/2sz1zu0

G1 Sul de Minas: https://glo.bo/2MjSFbc