Intercâmbio cultural: conferência realizada na UFLA priorizou temática de estudos africanos e latinos

Apresentação do professor da Unifal Italo Oscar Riccardi León.

De 28/5 a 30/5 ocorreu na Universidade Federal de Lavras (UFLA) a I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos. Considerando a alta presença de estudantes estrangeiros na UFLA vindos principalmente de países da África e da América Latina, o evento buscou fortalecer o intercâmbio e o debate de saberes e estudos próprios das diferentes culturas que atualmente interagem no ambiente acadêmico da Universidade.

Marcaram presença cerca de noventa participantes, entre estudantes de graduação e pós-graduação da UFLA e membros de outras instituições de ensino superior do País. Na cerimônia de abertura, o diretor de Relações Internacionais, professor Antônio Chalfun Júnior, enfatizou que a promoção das discussões sobre os estudos africanos e latinos vai ao encontro da própria identidade brasileira, constituída também a partir desses povos.

A professora do Departamento de Estudos da Linguagem (DEL) Tânia Romero, responsável pela organização da Conferência, explica que a programação buscou promover um olhar sobre a própria identidade brasileira, já que ela está em relação direta com os estudos latinos e africanos. “É uma iniciativa que mostra aos estrangeiros dessas regiões do mundo o quanto eles são importantes para nós; e o quanto, na verdade, são parte de nós. Com os temas discutidos, saímos do etnocentrismo europeu que costuma predominar na academia e fazemos ecoar as vozes do Sul, valorizando-as. Essa valorização é hoje uma tendência.”

De acordo com Tânia, o evento foi bem avaliado pelos participantes. “Muitos já perguntam quando será a próxima edição. Como é a primeira vez em que o tema foi tratado, existe ainda uma grande demanda: os assuntos não se esgotarão facilmente. Há muito ainda o que se discutir nessa perspectiva”.

O evento teve a organização conjunta da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) e dos Departamentos de Estudos da Linguagem (DEL) e de Educação (DED).

Na programação

A I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos teve em sua programação apresentações culturais, mesas redondas abordando estudos africanos e estudos latinos, além de sessões de apresentação de trabalhos científicos. Acesse o site do evento e saiba mais.

Veja mais algumas imagens registradas pelos organizadores:

UFLA na mídia: professor fala ao Canal Rural sobre bagaço de cana como complemento à dieta de grão inteiro em ruminantes

O programa Giro do Boi, Canal Rural, entrevistou nesta segunda-feira (4/6) o professor do Departamento de Zootecnia (DZO) Márcio Machado Ladeira. Ele falou de pesquisas desenvolvidas na Universidade Federal de Lavras (UFLA) sobre o uso de dietas com grão de milho inteiro em confinamentos de bovinos de corte. Em um dos estudos, ficou demonstrado que o bagaço de cana pode melhorar o desempenho daqueles animais que recebem a dieta de grão inteiro nos confinamentos.

De acordo com o professor Márcio, a alternativa é indicada para os casos em que os produtores conseguem o milho a um preço acessível. A dieta de grão inteiro elimina a necessidade de processamento e mantém uma boa eficiência alimentar dos animais. Nesse caso, acrescentar o bagaço de cana como fonte de fibra permite aumentar também o ganho de peso. O bagaço de cana pode substituir 6% da quantidade de grão inteiro utilizada nas dietas. A pesquisa desenvolvida na UFLA envolve também acompanhamento de outros parâmetros, como avaliação da digestibilidade do amido e atividade da amilase pancreática pelos animais de diferentes raças (zebuínas, taurinas e cruzamentos), bem como nutrigenômica, qualidade da carne, entre outros.

Assista à entrevista

 

UFLA na Mídia: reportagem da TV Alterosa destaca pesquisa sobre a intensidade da radiação solar na moringa

Uma reportagem exibida nesse domingo (3/6), no programa Café com TV , da TV Alterosa, destacou o estudo sobre a intensidade da radiação solar em plantas de Moringa oleífera feito na UFLA. A pesquisa conduzida por Raphael Reis da Silva foi objeto de estudo de sua tese intitulada “Relações da radiação no crescimento e teor e compostos fenólicos em plantas de Moringa Oleifera”, com  orientação do professor Amauri Alves de Alvarenga.  A pesquisa foi a 100ª tese apresentada em abril deste ano, pelo Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal da UFLA.

 Confira aqui a reportagem exibida pela emissora.

 Acesse abaixo o link para a matéria produzida pela UFLA.

Estudo na UFLA relaciona o cultivo da moringa com a intensidade da radiação solar

Karina Mascarenhas- jornalista, bolsista Dcom/Fapemig. 

Primeiro Simpósio Interdisciplinar em Fisiologia Vegetal da UFLA- inscrições abertas

A Universidade Federal de Lavras (UFLA), por meio do Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal (PPGFV) e da Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal (SBFV) sediará o I Simpósio Interdisciplinar em Fisiologia Vegetal (I SIFV), com o tema: “Abordagem da inserção da fisiologia nas diferentes áreas do conhecimento”, organizado pelo Núcleo de Estudos em Fisiologia Vegetal (NEF).

O evento ocorrerá entre os dias 29 e 31 de agosto de 2018. O I SIFV fará parte dos eventos em comemoração à Semana Nacional do Fisiologista Vegetal e aos 30 anos do PPGFV/UFLA. O enfoque é voltado à aplicação da fisiologia vegetal nas diferentes áreas do conhecimento, ressaltando a importância da pesquisa multidisciplinar como ferramenta para garantir produtos de pesquisa eficazes.

O evento contará com palestras ministradas por grandes nomes da pesquisa no Brasil, empreendedores de sucesso e grandes empresas, incentivando a participação expressiva de discentes da Graduação, Pós-Graduandos, Jovens Pesquisadores e Docentes interessados no amplo escopo de pesquisas que envolvem a fisiologia vegetal.  

Inscrições: nefufla.com   

UFLA lamenta falecimento de servidor aposentado

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) comunica e lamenta o falecimento do servidor aposentado Francisco de Assis, que trabalhou na Instituição no setor de Paisagismo. O velório é realizado no Velório Sagrada Família.  Uma missa será celebrada na Capela Santo Antônio às 15 horas,  e  o sepultamento ocorre  às 16 horas, desta segunda-feira (4/6), no Cemitério Paroquial Saudade.

 

Karina Mascarenhas, jornalista- bolsista Dcom/Fapemig.