Americanas do Departamento de Estudos de Linguagem realizam palestras e cursos para a comunidade acadêmica

O Programa Capes/Fulbright de Assistente de Ensino de Língua Inglesa (English Teaching Assistants – ETAs) do curso de Letras da Universidade Federal de Lavras (UFLA) divulga a programação de trabalhos desta semana com as profissionais americanas Delicia A Demaria Alarcón E. e Kiaya Rose Dilsner-Lopes, que estão atuando no Departamento de Estudos de Linguagem, com a coordenação da professora Tania Romero.
As inscrições para participação do evento de toda a comunidade acadêmica e interessados externos pode ser feita pelo SIG.

Descrições dos eventos:

Terça-feira 17/4; 14h às 15h30; DCH 44: Consciente da diversidade dos EUA, Kimberly Crenshaw criou uma teoria interseccional para explorar como diferentes identidades sociais podem afetar uma pessoa a experimentar o mundo ao seu redor. De acordo com a interseccionalidade, identidades sociais como raça, gênero, sexualidade e classe contribuem para o modo como cada pessoa é afetada por estruturas de poder maiores.

Quinta-feira, 19/4; 14h às 15h30; DCH 44. Alguma vez você já quis escrever em inglês fora de exercícios acadêmicos ou gramaticais? Você já pensou em criar poesia ou contos em inglês? Esse encontro será um workshop de escrita criativa em inglês para praticar suas habilidades. Serão praticados vários exercícios de escrita para expandir as técnicas de escrita em inglês. 

Quem busca qualidade de vida não pode ficar parado: campanha do Minuto da Saúde incentiva a prática de atividades físicas junto à comunidade

Atividades físicas e saúde estão diretamente relacionadas. Manter-se ativo produz inúmeros benefícios ao nosso corpo, como a prevenção de doenças, perda de calorias, aumento da resistência física e o fortalecimento da musculatura. O exercício físico também faz bem para a mente, aumenta a autoestima e eleva o nível de neurotransmissores que produzem sensações prazerosas, como bem-estar, bom humor e relaxamento.

Para incentivar a prática de atividades físicas no meio universitário, o projeto Minuto da Saúde realiza na quarta-feira (18/4) a campanha “Quem busca qualidade de vida não pode ficar parado”, com oficinas e orientações ao público, no Centro de Convivência, em três momentos:

12h – Oficina de Zumba + Atividades práticas, aferição de pressão arterial e orientação sobre alimentação antes e após exercícios;

15h30 – Oficina de Forró

20h30 – Oficina de Fit Dance

A campanha conta com a participação da Coordenadoria de Saúde da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec), do Núcleo de Estudos em Obesidade e Diabetes (Neodia) e da Liga das Atléticas (Lau) da UFLA, que irão apresentar a associação e esportes desenvolvidos na Universidade.

 

 

UFLA na Mídia: Centro Brasileiro de Ecologia em Estradas é destaque em reportagem especial no UOL Notícias

O Centro Brasileiro de Ecologia em Estradas (CBEE), da Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi destaque no UOL Notícias. A reportagem especial denominada “Animais na Pista” abordou o número de animais atropelados por ano nas estradas do Brasil.

Segundo estimativas realizadas pelo CBEE, com base em 14 estudos científicos que abarcam todas as regiões do País, 475 milhões de animais selvagens são atropelados por ano nas estradas do Brasil.

O CBEE criou em 2012 um aplicativo em que os usuários podem tirar fotos de animais atropelados e alimentar um banco de registros de casos. As fotos são avaliadas por pesquisadores e voluntários que identificam cada animal morto. 

A reportagem também contou com a entrevista do professor do Departamento de Biologia (DBI/UFLA) e coordenador do CBEE, Alex Bager. “Muitos animais têm medo de cruzar a estrada, e ficam presos em um dos lados. Os que têm coragem de atravessar, e que sabem que do outro lado tem lugar para dormir, para reproduzir e se alimentar, são atropelados”, comentou o pesquisador.

Veja a reportagem completa aqui.

Luciana Tereza- estagiária Dcom/UFLA.

Cafeteria CafEsal recebe estudantes de Engenharia Mecânica para aula sobre moinhos de café

Estudantes do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Lavras (UFLA) marcaram presença, em 12/4, na Cafeteria CafEsal, para recebimento de instruções acerca das particularidades dos moinhos de café. Promovida pelo professor Wander Gustavo Rocha Vieira, por meio da disciplina Mecânica de Motores, a visita contou com explanações da gestora do local, Emanuelle Costa.  

Ela respondeu questionamentos relacionados aos materiais utilizados na fabricação dos moinhos, granulometria, dureza do grão, bem como a diferença entre os equipamentos existentes no mercado. “Moinhos manuais diferem de moinhos elétricos, sobretudo quanto à eficiência. Os elétricos permitem moer o café mais rapidamente e, assim, conservar suas características aromáticas, sem risco de oxidação”.

Emanuelle esclarece, ainda, sobre o tempo ideal para o consumo do café moído, que é de 20 minutos após o processo de moagem.   Vale destacar que os estudantes irão desenvolver, conforme proposta da disciplina, dois moinhos, sendo um elétrico e outro manual.  

Ascom InovaCafé

Novo processo seletivo para vivência profissional na Cafeteria CafEsal

A cafeteria escola (CafEsal) da Universidade Federal de Lavras (UFLA) vinculada à Agência de Inovação do Café (InovaCafé), divulga novo processo seletivo destinado à Vivência Profissional. As inscrições para participação estão abertas de 13 a 29/4.

A oportunidade contempla todos os processos relacionados à rotina de uma cafeteria, desde a preparação de cafés e bebidas derivadas até os processos de gestão. A iniciativa está aberta à participação de interessados acima de 18 anos e que tenham vínculo com a Universidade, como estudantes de qualquer grau acadêmico, professores e servidores.

O período de vivência acontece ao longo de oito semanas (7/5 a 29/6) e exige um mínimo de oito horas semanais de atividade. Ao final, o participante recebe certificação.  Os interessados devem enviar um e-mail para cafesalcafeteria@gmail.com, contendo Termo de Compromisso, resumo do currículo, disponibilidade de horários e resposta à pergunta: “O que você espera vivenciar na Cafeteria Escola CafEsal?”.

Os arquivos necessários estão disponíveis no seguinte link: https://goo.gl/3aAZHk  

Sobre a CafEsal

A Cafeteria Escola da UFLA foi aberta em 2016 com a proposta de educar, conscientizar e promover conhecimento sobre cafés de qualidade. Está localizada no Centro de Convivência e conta com equipe multidisciplinar formada por estudantes voluntários e bolsistas.  

Ascom Inovacafé

I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos: 20 de abril é o último dia para envio de trabalhos

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) e a National Association of African American Studies and Affiliates (Associação Nacional de Estudos Afro-americanos e Afiliadas/NAAAS) realizarão a I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos de 28 a 30 de maio. A submissão de trabalhos foi prorrogada para 20 de abril.

​O primeiro evento internacional com a colaboração dessas duas instituições se constituirá em uma ocasião propícia ao intercâmbio e debate de saberes, experiências e novos desenvolvimentos teóricos entre interessados em questões africanas e afro-americanas, hispânicas, latinas e chicanas, indígenas e asiáticas.

O Congresso contará com a participação de professores, estudantes de graduação e pós-graduação de diferentes áreas do conhecimento da UFLA, da NAAAS e de outras Instituições e Grupos Comunitários por meio de Mesas Redondas, Simpósios, Comunicações e Pôsteres e Apresentações Culturais.

Programação do evento: https://naaasconferenceatufla.weebly.com/programacao.html

Confira a lista dos selecionados do pré-vestibular gratuito (Pré-Uni)

A lista dos estudantes selecionados para fazerem o cursinho pré-vestibular gratuito (Pré-Uni) foi divulgada nesta segunda-feira (16/4) pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFLA (Proec).

Os candidatos selecionados deverão comparecer à Secretaria do Pré-Uni no Centro de Treinamento, no Câmpus Histórico da UFLA, no período de 16 a 25 de abril, das 18h30 as 22h30, para efetuarem a matrícula.

Os selecionados deverão apresentar os documentos de identidade, CPF e cópia da Declaração Escolar e/ou Histórico escolar que comprove que já concluíram ou ainda estão cursando o 3º ano do Ensino Médio.

Aqueles que forem menores de 18 anos deverão, ainda, estar acompanhados por um responsável (pai ou mãe ou um responsável legal que deverão apresentar documento de identidade). 

O Pré-Uni é um cursinho pré-vestibular gratuito, oferecido pela UFLA em parceria com a Prefeitura Municipal de Lavras, voltado para estudantes  com vulnerabilidade socioeconômica.

O cursinho tem como objetivo preparar jovens e adultos para o ingresso ao ensino superior, com aulas ministradas por graduandos e pós-graduandos da UFLA, no próprio câmpus.

Selecionados Pré-Uni 2018

 

Pesquisa da UFLA utiliza borracha de pneu para a produção de cimento madeira e painéis MDP

No Brasil são produzidos cerca de 40 milhões de pneus por ano e quase metade dessa produção é descartada nesse período, sendo, muitas vezes, armazenada de forma inadequada, servindo de criadouro para mosquitos como o Aedes-Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Uma alternativa para o reaproveitamento desse material foi proposta por uma pesquisa do Programa de pós-graduação em Engenharia de Biomateriais, da Universidade Federal de Lavras (UFLA). A ideia foi utilizar a borracha do pneu para produzir painéis de MDP (Medium Density Particleboard) e cimento-madeira.

O MDP é um painel constituído de partículas de madeira e adesivos, os quais são submetidos ao processo de pressão e temperatura. Seu uso é limitado em artigos de linha reta, como portas, prateleiras, gavetas, entre outros. Já os painéis cimento-madeira são muito utilizados na construção civil em países como Alemanha, Japão e Rússia; no Brasil, sua fabricação ainda é limitada.

Alan Pereira Vilela, autor da pesquisa

Alan Pereira Vilela, autor da pesquisa, explica que para a produção dos painéis MDP  e cimento madeira foi utilizada a madeira de Pinus oocarpa em, associação com partículas da borracha de pneu, modificadas com o tratamento corona. A utilização de 5% de partículas de borracha de pneu modificada superficialmente gerou melhorias nas propriedades físico-mecânicas e de isolamento térmico de ambos os tipos de painéis avaliados.

O resíduo do pneu é um material hidrofóbico, ou seja, não absorve água, o que contribui de maneira positiva para as propriedades de inchamento em espessura e absorção de água dos painéis. Para Alan, o seu uso é abrangente: “Esses MDP poderão ser usados na fabricação de móveis e, no caso do cimento-madeira, ele pode ser usado na construção civil em casas pré-fabricadas, divisórias internas de ambiente, forros, pisos. Lembrando que é um material que proporciona um melhor isolamento térmico do ambiente. ”

A fabricação de produtos com a utilização de resíduos da reciclagem de pneus ainda é pouco empregada no mercado brasileiro. O professor Rafael Farinassi Mendes, do Departamento de Engenharia (DEG), orientador do projeto, explica a importância de pesquisas propostas como alternativas ecologicamente corretas para materiais como os pneus “As vantagens de utilizarmos os pneus se devem ao fato da destinação adequada do material – evitando o acúmulo de água e a relação com doenças –  a agregação de valor, a disponibilização de novas fontes de matéria-prima e a obtenção de novas propriedades, permitem a produção de materiais mais sustentáveis e com características adequadas para serem utilizados no mercado.”

Pesquisas com o uso de resíduos de pneus, tendo em vista seus diferentes tipos de aplicações, continuam sendo desenvolvidas pelo professor Rafael e seus orientados de pós-graduação em Engenharia de Biomateriais. Atualmente, Alan desenvolve sua tese de doutorado com o aproveitamento de resíduos da extração de mineração para a criação de tijolos e outros materiais para a construção civil.

Reportagem e imagens:  Karina Mascarenhas, jornalista – bolsista Fapemig/Dcom
Edição do vídeo: Lídia Bueno, jornalista – bolsista Dcom

República Tcheca divulga chamada para pós-doutorandos e pesquisadores vinculados a instituições que produzem pesquisa

A Diretoria de Relações Internacionais da Universidade Federal de Lavras (DRI/UFLA) comunica que a University of Hradec Kralové, na República Tcheca, está com chamadas  abertas para pesquisadores que desejem fazer o pós-doutorado ou para aqueles que tenham trabalhado, nos últimos três anos, pelo dois anos em instituições que desenvolvem pesquisa.  O prazo para candidaturas é até 20/4.

Informações sobre campos de pesquisa, requisitos para candidaturas e documentação estão disponíveis nos links abaixo.

Working Visits of Senior Researchers from abroad at University of Hradec Kralove – Czech Republic

Working visits of postdoctoral researches from abroad at University of Hradec Kralove – Czech Republic

A principal tarefa dos pesquisadores selecionados será a participação em atividades de pesquisa, organização de oficinas e redação de publicações para periódicos indexados ao Web of Science. A remuneração mensal bruta estimada para tempo integral vai de US$ 2,900 a 3,400 para pós-doutorados;  e de US$ 4.100 a 4.600 para pesquisadores seniores.

Pós-graduandos em situação de vulnerabilidade socioeconômica podem se inscrever em edital do PIB-UFLA

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (16/4), as inscrições do Programa Institucional de Bolsas (PIB-UFLA) para estudantes de pós-graduação em situação de vulnerabilidade socioeconômica. São oferecidas 20 vagas. A data limite para inscrições é 27/4 (até 17h). O EDITAL Nº07/2018/PIB/PRAEC/UFLA  parte de uma iniciativa conjunta da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec), Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG) e Pró-Reitoria de Planejamento e Gestão (Proplag).

Inscrição

É necessário que o candidato protocole a solicitação na Secretaria Administrativa da Praec. O estudante deve apresentar formulário de inscrição preenchido e assinado (anexo ao Edital), incluindo assinaturas do orientador e do coordenador do curso; atestado de matricula emitido pelo SIGAA e Termo de Concessão de Benefício de Vulnerabilidade Socioeconômica emitido pela Praec.

Se selecionado, o estudante não pode: acumular o benefício com outras bolsas concedidas por agências de fomento de qualquer natureza, ter vínculo empregatício,  exercer atividades remuneradas ou possuir pendências com as pró-reitorias integrantes do programa.

Seleção

A ordem de classificação se dará a partir da pontuação, em ordem crescente, da avaliação socioeconômica realizada pela Praec. Portanto, os estudantes considerados mais vulneráveis em termos socioeconômicos terão prioridade para acesso às bolsas.

A divulgação do resultado preliminar está prevista para 2/5.

Um pouco mais sobre o programa

O objetivo da inclusão dos estudantes da pós-graduação no PIB-UFLA é contribuir para que aqueles classificados como em situação de vulnerabilidade socioeconômica e que não possuem bolsas concedidas por outras fontes, como as agências de fomento, recebam um suporte financeiro que possibilitem sua permanência na Universidade.  Os recursos foram viabilizados junto à Proplag. A pró-reitora de Assuntos Estudantis e Comunitários, professora Ana Paula Piovesan Melchiori, explica que as três pró-reitorias uniram esforços porque a Instituição, apesar do momento de limitação de recursos, mantém-se sensível às necessidades dos estudantes que não têm outras formas de garantir sua permanência.

O valor mensal da bolsa será de R$ 500,00, limitado a um período de até seis meses. As obrigações assumidas pelo bolsista, as possibilidades de recursos, as orientações quanto à confirmação de interesse e à lista espera, bem como outros detalhes sobre o processo de seleção devem ser consultados com a leitura completa do EDITAL Nº07/2018/PIB/PRAEC/UFLA.

Conheça também: Resolução CUNI Nº 019, de 16 de maio de 2013, que dispõe sobre o PIB-UFLA.