UFLA tem cinco editais de concursos em andamento – novos profissionais colaboram para a expansão com qualidade

Com a posse de cinco de professores realizada nesta quarta-feira (10/4), a Universidade Federal de Lavras (UFLA) chega a 29 servidores ingressantes no quadro em 2018. Se em 2017 foram 63 posses, a perspectiva para este ano é de crescimento, já que estão abertos no momento, simultaneamente, cinco editais de concursos. Esses editais somam 67 vagas, distribuídas entre técnicos administrativos e professores. Há, ainda, um sexto edital em curso, referente a dez vagas para professores substitutos.

Concluindo esses primeiros editais de 2018, já será possível superar o número de empossados do ano anterior. A previsão da Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas (PRGDP) é de que outros editais serão publicados em breve. “O cenário que temos conseguido alcançar, com muito esforço, é positivo, considerando-se a atual situação do País, de restrições orçamentárias. As vagas têm sido liberadas para a UFLA a partir de um trabalho intenso da Direção Executiva junto aos ministérios da Educação (MEC) e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), somado a todo o esforço da equipe administrativa. A credibilidade da UFLA é outro fator que favorece, devido a resultados positivos que são reconhecidos nacional e internacionalmente e são reflexos do comprometimento de toda a comunidade acadêmica”, explica a pró-reitora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, professora Débora Cristina de Carvalho.

Novos concursos representam novas oportunidades para pessoas de Lavras, da região e até de outros lugares do País que vêm colaborar, com sua formação e qualificação, para a prestação de um serviço público de excelência à sociedade. Para a professora Renata Reis Pereira, que tomou posse nesta semana e irá atuar no Departamento de Química (DQI), o concurso e a nomeação representam um momento importante de sua vida profissional e pessoal. Ela está se mudando de Belo Horizonte para Lavras com a família. “Uma boa Universidade e uma cidade tranquila para morar com a família: esses são diferenciais importantes. Além disso, trata-se de uma Universidade do interior do Estado que está vivendo uma expansão muito maior do que a das instituições das grandes cidades. É fantástico participar dessa expansão, porque, com mais servidores – e qualificados – vêm os reflexos na qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão”, avalia.

O médico Ernesto Lippi Neto também tomou posse como professor do Departamento de Ciências da Saúde (DSA). Morador de Lavras já há sete anos, o cardiologista realça que é um orgulho poder fazer parte do crescimento da Instituição na área da saúde. “Será uma honra contribuir com ensino, pesquisa e extensão. Antes de me tornar servidor, já participei da organização de eventos na UFLA e isso fez crescer a vontade de participar desta engrenagem, e estender nossa contribuição com a sociedade”.

Durante essa última cerimônia de posse, a vice-reitora, professora Édila Vilela de Resende Von Pinho, lembrou que as conversas com departamentos e órgãos da UFLA sobre a demanda por servidores é constante. “Por termos um porte médio, temos a vantagem de interagirmos bastante com as diversas áreas, para compreensão das demandas. Conhecendo detalhadamente as dificuldades, podemos articular argumentos  para a busca de soluções, o que não é algo simples nesse período de tantas contingências. Mas a certeza que temos é de que vale a pena continuarmos lutando pela Educação, porque é uma das formas prioritárias para o desenvolvimento do País e da sociedade”.

Para ter acesso aos editais de concursos e processos seletivos, acesse: http://www.prgdp.ufla.br/site/ e clique em “Processos de Seleção”

Posse realizada em 11/4 – professores que estão lotados nos departamentos de Ciências da Saúde (DSA), Engenharia (DEG), Ciência da Computação (DCC) e Química (DQI).

UFLA na mídia: relato de viagem de estudante da UFLA em programa de intercâmbio é destaque no jornal O Globo

Um relato de viagem feito por um estudante da Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi publicado no jornal O Globo, na última sexta-feira (6). O discente do curso de Direito, Paulo Edson Alvez Luz, participou do Programa de Mobilidade Bracol (Brasil – Colômbia) no período letivo de 2017/2 e relatou na coluna “Viagem” uma de suas experiências vividas durante o intercâmbio.

Confira o texto completo aqui.

O Programa Bracol

O Programa Bracol é promovido pelo Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras, do qual a UFLA é associada. Neste programa, a instituição tem a oportunidade de receber estudantes da Colômbia e enviar os estudantes de graduação para universidades colombianas.

As inscrições para realizar o programa no segundo semestre de 2018 estão abertas até 13/4. Saiba mais em: Oportunidade de intercâmbio na Colômbia ou México

Luciana Tereza- estagiária Dcom/UFLA

Evento sobre Empreendedorismo e Inovação será nesta sexta e sábado (13 e14/4) – inscrições abertas

Nos dias 13 e 14 de abril, será realizado, na Universidade Federal de Lavras (UFLA), o ciclo de palestras Fora da Caixa. Com a temática voltada para o Empreendedorismo e Inovação, o evento ocorrerá no Anfiteatro do Departamento de Biologia (DBI/UFLA).

Durante o ciclo serão discutidos assuntos relacionados sobre como ter uma ideia, validação de negócios, criatividade, prototipagem de produto e vendas.

A programação terá início na sexta-feira às 18h, com duas palestras. No sábado, às 10h, haverá um workshop de modelagem de negócio em que será utilizada a ferramenta Business Model Canvas, e às 15h mais duas palestras. Ao final, haverá uma mesa redonda voltada à inovação e modelagem de negócios, a partir de projetos acadêmicos. Confira a programação completa na imagem ao lado.

O evento é gratuito e os interessados podem se inscrever nesta página. Mais informações podem ser obtidas pela página ou evento no Facebook.

Luciana Tereza- estagiária Dcom/UFLA

 

NPJ/UFLA e TJMG celebram termo de cooperação técnica para atendimento pré-processual

O NPJ realiza atendimento pré-processual no Departamento de Direito

O Núcleo de Prática Jurídica do Departamento de Direito da UFLA (NPJ/UFLA) celebrou, no segundo semestre de 2017, um termo de cooperação técnica com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para implantação de um Posto de Atendimento Pré-Processual (Papre) na UFLA. O acordo prevê uma parceria para atendimentos jurídicos à comunidade de Lavras e região, com prestações de soluções consensuais de conflitos por meio de mediação e conciliação.  

De acordo com o coordenador do NPJ, professor Vinícius Nascimento Cerqueira, a iniciativa surgiu a partir de uma política pública do judiciário, proposta pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “O Núcleo já realizava atendimentos jurídicos ao público na UFLA. Agora, com o acordo, estamos recebendo uma capacitação específica de formação de agentes conciliadores, realizada pelo próprio TJMG. A capacitação é uma exigência legal para que o cidadão atue como conciliador, independente de sua formação”, explica.

Vinicius conta que, a princípio, três professores estão participando do curso para, futuramente, poderem credenciar uma escola de novos agentes conciliadores dentro da Universidade. “Nosso objetivo é, em breve, conseguir capacitar pessoas interessadas em se tornar conciliadores, tanto na UFLA quanto na comunidade externa”, ressalta o professor.

Com o termo, os acordos realizados no NPJ/UFLA são homologados no TJMG, o que permite ao judiciário impor o cumprimento do que foi acordado caso uma das partes não o faça. Esse processo amplia as possibilidades de resoluções consensuais e diminui a judicialização. Em longo prazo, a parceria poderá contribuir para a diminuição da carga de processos no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Lavras, o que vai gerar uma economia de tempo para todas as partes e otimização de recursos humanos e econômicos.

Com funciona o NPJ/UFLA

O Núcleo de Prática Jurídica teve início em 2016, prestando serviços gratuitos à comunidade de Lavras e região nas áreas cível, criminal e trabalhista. Nele, os estudantes de Direito da UFLA têm oportunidade de trabalhar diretamente no atendimento ao público e obter experiência profissional na prática.

Os estudantes do 9º e 10º período realizam atendimento gratuito à comunidade

O estudante do 9º período de Direito, Pedro Henrique Borges Viana, participa entrou para o NPJ neste semestre e acaba de realizar seu primeiro atendimento. “É uma experiência muito boa. Depois de nove semestres estudando a teoria, com algumas práticas nos dando o vislumbre do que é a aplicação do Direito, agora tenho contato com uma pessoa nos trazendo um problema de verdade, com documentos reais, esperando uma solução. Isso proporciona uma percepção mais ampla do direito e das leis, com uma aplicação prática da teoria “, afirma.

Para o coordenador, o projeto está sendo fundamental para o aprendizado dos alunos, que percebem as especificidades de quando a pessoa expõe o problema pessoalmente, além de ser uma forma de integralização entre Universidade e sociedade. “Os estudantes passam a entender os fatos para além da teoria, visualizando de perto as questões jurídicas na situação narrada. Para a população, também é uma iniciativa importante, porque oferece uma possibilidade rápida e eficiente de solução de conflitos”, reforça.

No segundo semestre de 2017, foram realizados cerca de 50 atendimentos na área civil. O agendamento para atendimento deve ser feito pelo telefone (35) 3829-3193, das 8h às 12h e das 14h às 18h, ou pelo e-mail npj.direito@dir.ufla.br.

II Curso de análise de dados de expressão gênica em biblioteca de RNA-seq será no próximo mês

O Laboratório de Fisiologia Molecular de Plantas (LFMP) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), promoverá no próximo mês o II Curso de análise de dados de expressão gênica em biblioteca de RNA-seq.

O evento com teoria e prática é destinado a todas as pessoas que trabalham ou trabalharão com técnicas Bioinformáticas para análises de dados de expressão gênica e áreas afins. No programa do curso, serão abordados tópicos relacionados ao sequenciamento genético de última geração, produção de gráficos no ambiente estatístico R, análises de expressão diferencial e utilização de sistemas Linux.

Apesar de focado em análises genéticas, o curso irá abordar ferramentas computacionais indispensáveis à manipulação de grandes volumes de dados inerentes às diversas áreas como Economia, Administração, Sociologia, Medicina e muitas outras.

O curso será no campus universitário da UFLA de 7 a 11 de maio 2018, das 18h às 22h, com carga horária de 20h. Estudantes de graduação, pós-graduação, professores, pesquisadores e profissionais, especialmente das áreas Biologia, Medicina, Agronomia, Computação, Microbiologia, Zootecnia, Veterinária, Genética e áreas afins poderão se inscrever através do site . 

Karina Mascarenhas, jornalista – bolsista Fapemig/Dcom