Cidades Inteligentes: UFLA apresenta ações para Lavras

Última reunião, realizada no dia 10/4, com o vice-diretor da DGTI e representantes da Prefeitura

Uma cidade que utiliza a tecnologia em diversas vertentes, tornando-a moderna e sustentável. São as cidades inteligentes, que visam o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, uma resposta eficiente às necessidades da sociedade.

Para tornar essa inovação realidade na região, a Universidade Federal de Lavras (UFLA), por meio da Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DGTI), apresentou à Prefeitura Municipal, algumas alternativas que podem ser aplicadas na cidade, por meio de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Mais um importante elo entre Universidade e sociedade.

Na última reunião, realizada no dia 10/4, o vice-diretor da DGTI, Anderson Bernardo dos Santos, apresentou algumas das aplicações que podem ser implementadas em Lavras, como um aplicativo móvel para estimular a interação entre o poder público e os habitantes, fortalecendo a participação dos cidadãos nas decisões da cidade e também um sistema de vídeo monitoramento para auxiliar na segurança do município.

Além dessas ações, a UFLA realizará com a Prefeitura um estudo que possibilitará a preparação de um projeto a ser enviado ao BNDES para obter recursos e viabilizar ações para que Lavras possa ser uma das cidades inteligentes do País.

No final do ano passado, o BNDES e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram um Estudo Nacional de Internet das Coisas com mais de 70 proposições para guiar as políticas públicas e ações entre 2018 e 2022, que subsidiará a elaboração de um Plano Nacional. Desde então, as cidades brasileiras têm se movimentado em busca de mais inovação. Também houve o lançamento neste ano, de uma cartilha sobre Cidades Inteligentes, com um passo-a-passo de uma série de etapas que um gestor público deve seguir para estruturar essas ações.

No estudo do BNDES, algumas das áreas apontadas como de grande potencial para a aplicação da Internet das Coisas são: gestão pública, transporte, monitoramento de tráfego, segurança e eficiência energética. Uma série de aplicações já foram implementadas com sucesso no Brasil, como novos bairros inteligentes em Minas Gerais e Ceará.

Smart City Business

Representantes da UFLA estarão no Smart City Business, em São Paulo, entre 16 e 18 deste mês, evento que reunirá líderes dos setores público e privado e especialistas da América Latina, em paralelo a uma exposição com tecnologia desenvolvida por mais de 70 empresas.

I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos será realizada na UFLA de 28 a 30 de maio

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) e a National Association of African American Studies and Affiliates (Associação Nacional de Estudos Afro-americanos e Afiliadas/NAAAS) realizarão a I Conferência sobre Estudos Africanos e Latinos de 28 a 30 de maio. 

​O primeiro evento internacional com a colaboração dessas duas instituições se constituirá em uma ocasião propícia ao intercâmbio e debate de saberes, experiências e novos desenvolvimentos teóricos entre interessados em questões africanas e afro-americanas, hispânicas, latinas e chicanas, indígenas e asiáticas.

O Congresso contará com a participação de professores, estudantes de graduação e pós-graduação de diferentes áreas do conhecimento da UFLA, da NAAAS e de outras Instituições e Grupos Comunitários por meio de Mesas Redondas, Simpósios, Comunicações e Pôsteres e Apresentações Culturais.

Programação do evento: https://naaasconferenceatufla.weebly.com/programacao.html

Preservação do patrimônio de Ciência & Tecnologia da UFLA- colabore com o projeto do Museu Bi Moreira

A origem da Universidade Federal de Lavras (UFLA) se encontra atrelada à formação e consolidação da antiga Escola de Agricultura de Lavras (ESAL), criada em 1908. Ao longo desses mais de 100 anos, a Universidade preservou diversos artefatos de Ciência & Tecnologia (C&T), provenientes da ESAL. A maioria foi incorporada ao acervo do Museu Bi Moreira (MBM); e outros aparatos, como as máquinas agrícolas, se mantêm em exposição em diferentes áreas do câmpus.

Hoje, as ações de preservação dessa importante parcela do patrimônio cultural da UFLA estão sendo intensificadas por meio do projeto “A importância do Patrimônio de C&T da UFLA: mapeamento, política de preservação e musealização”, iniciado em 2014, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), com o objetivo de se criar medidas de preservação e valorização do patrimônio da Instituição. Neste sentido, estão sendo intensificadas as ações de preservação dessa importante parcela do patrimônio cultural universitário. O projeto conta com a participação do professor Thomaz Chaves (DCC), professor Paulo Ricardo Silva (DQI), da museóloga Patricia Muniz (Proec).  

Nessa primeira fase do projeto, serão identificados os aparatos de C&T até a década de 1970, que podem estar em desuso nos departamentos e setores da UFLA. Ressalta-se que patrimônio de C&T, é composto por os “bens produzidos e/ou utilizados nas atividades de pesquisa científica e de desenvolvimento tecnológico. Ou seja, aqueles bens que participaram do cotidiano dos laboratórios de pesquisa do país e contribuíram para o desenvolvimento da ciência e tecnologia no Brasil”, e que atualmente se encontram obsoletos e/ou em desuso.  

Para que o projeto tenha sucesso é necessária a colaboração de todos os professores, técnicos administrativos e discentes da UFLA, que lidam com esses aparatos de C&T, para a devida identificação desse patrimônio nas dependências da Universidade.

O contato deve ser feito com a equipe do Museu Bi Moreira, pelo telefone (35) 3829-1205. A equipe do Museu fará a avaliação e o cadastro dos aparatos nos locais.

Técnicos administrativos podem se inscrever para eleições da Cista até 9/5

A Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos (Cista) promoverá em 16/5 a eleição de um representante dos técnicos administrativos para integrar a Comissão. Todos os servidores técnico-administrativos pertencentes ao quadro permanente da Instituição têm direito a votar, mediante a apresentação de carteira funcional ou documento de identidade.

Os interessados em candidatar-se podem se inscrever até 9/5, às 17h, na Secretaria dos Conselhos, prédio da Reitoria. Leia a íntegra do Edital de Convocação.

UFLA lamenta o falecimento de servidor aposentado

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) comunica e lamenta o falecimento de Hamilton Cesar Pereira, 60 anos, servidor aposentado da Instituição. Hamilton atuou principalmente na Diretoria de Registro Acadêmico (DRCA). 

Ele deixa a esposa Elenice Alvarenga Pereira, terceirizada na UFLA, e uma filha. 

Seu corpo está sendo velado no Velório São João Batista e o sepultamento será no Cemitério São Miguel, hoje (11/4), às 15h30.