Programa Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal apresenta sua 100ª defesa de tese



23 de Março de 2018, 1:22 pm , com 610 visualizações

A 100ª tese do Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal da Universidade Federal de Lavras (PPGFV-UFLA) foi defendida nesta sexta-feira (23). Este ano, o programa completa 30 anos de criação.  O início dos trabalhos foi com o curso de mestrado em 1988. Posteriormente, em 2000, foi a vez do doutorado.

Na abertura do evento, foram convidados pelo coordenador do Programa, professor João Paulo Rodrigues Alves Delfino Barbosa, para compor a mesa, os seguintes professores: Amauri Alves de Alvarenga, João Cândido de Souza e Márcio Machado Ladeira. Em sua fala, professor João Paulo destacou o número de doutorandos formados pelo programa, e que já estão no mercado de trabalho, além do percentual de publicações em inglês, que são uma importante ferramenta para a internacionalização da Universidade. O pró-reitor adjunto stricto sensu Márcio Ladeira, falou sobre a excelência da UFLA e a constante busca por ferramentas que incentivem e facilitem os projetos de pesquisa na Universidade. O coordenador do Departamento de Biologia (DBI), professor João Cândido, lembrou os cinco programas de pós-graduação vinculados ao Departamento. E o professor aposentado Amauri Alves, que iniciou o programa de pós-graduação na década de 1980, destacou a importância da formação de recursos humanos qualificados de alto nível para atender a demanda do nosso país.

A centésima pesquisa defendida, intitulada “Relações da radiação no crescimento e teor e compostos fenólicos em plantas de Moringa Oleifera”, foi realizada pelo doutorando Raphael Reis da Silva, sob orientação do professor Amauri Alves de Alvarenga, que falou sobre o projeto. “ O trabalho de tese desenvolvido pelo Raphael em moringa faz parte da ecofisiologia de espécies de interesse florestal, agrícola e medicinal e envolveu a radiação, o desenvolvimento da moringa e os combates de interesse farmacológico”, explicou. A defesa foi prestigiada por professores do DBI, da pós-graduação em Fisiologia Vegetal, e estudantes da Universidade. Estiveram na banca examinadora as professoras Ana Hortência Fonseca de Castro da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ)- Câmpus Divinópolis; Ana Cardoso Clemente Filha Ferreira de Paula, do Instituto Federal de Minas Gerais (Ifet) – Câmpus Bambuí; Fernanda Carlota Nery (UFSJ)  e professores do PPGFV/UFLA :  Amauri Alves de Alvarenga e João Paulo Rodrigues Alves Delfino Barbosa.

Karina Mascarenhas, jornalista – bolsista Fapemig/Dcom

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

Março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo