Internacionalização: UFLA receberá mais estudantes de Moçambique



31 de Janeiro de 2018, 9:00 am , com 631 visualizações

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) receberá mais quatro estudantes de Moçambique na Pós-Graduação, com bolsas de mestrado e doutorado do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no âmbito do Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG).

O Programa do Governo Brasileiro é administrado pelo CNPq, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), e tem como objetivo possibilitar professores universitários, pesquisadores, profissionais e graduados de nível superior a realizarem seus estudos e obterem sua titulação nos melhores cursos de pós-graduação das instituições brasileiras de ensino e pesquisa.

Para participar do Programa o estudante deve ser cidadão de país em desenvolvimento com o qual o Brasil mantém Acordo ou Memorando de Entendimento na área de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia, como Moçambique.

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFLA (PRPG) tem atuado em várias frentes junto à Diretoria de Relações Internacionais (DRI) com a finalidade de aumentar a mobilidade acadêmica, tanto de discentes estrangeiros nos Programas da Instituição, quanto de estudantes da UFLA no exterior. “Temos participado em massa dos editais. Neste caso, os discentes selecionados já chegam à UFLA com a bolsa CNPq, o que é muito significativo. Motivo de satisfação da pró-reitoria, pois estamos trabalhando fortemente nesta linha de aumentar as ações internacionais”, comenta o pró-reitor de Pós-Graduação, professor Rafael Pio.

Os estudantes selecionados para iniciarem a Pós-Graduação na UFLA são: Nelson Fijamo Mesquita, Elidio Zaidine Mauricio Zitha, Melvis Celeste Vilanculos Cossa e Horacio Bambo Pacule.

UFLA amplia oferta de vagas a estudantes estrangeiros pelo programa PAEC-OEA

A UFLA também avançou na oferta de vagas a estudantes estrangeiros na pós-graduação dentro do Programa Bolsas Brasil PAEC OEA-GCUB, realizado por meio de parceria entre a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB). A Universidade vai receber 18 intercambistas originários de 11 diferentes federações das Américas: Bolívia, Venezuela, Haiti, Honduras, México, Peru, Equador, Nicarágua, Colômbia, El Salvador, e Paraguai.

O projeto consiste em receber estudantes dos países membros da OEA nas universidades brasileiras para a realização de cursos completos de pós-graduação stricto sensu, mestrados e doutorados. Seu principal objetivo é contribuir com a integração e o fortalecimento regional das Américas, por meio da qualificação de profissionais, principalmente daqueles oriundos de países de baixo nível de desenvolvimento humano.

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivo