I Encontro Nacional de Saúde Única reuniu importantes profissionais na UFLA



29 de Janeiro de 2018, 11:18 am , com 789 visualizações

O I Encontro Nacional de Saúde Única – One Health foi realizado na Universidade Federal de Lavras (UFLA) nos dias 26 e 27/1. Profissionais de diversas áreas, entre elas, veterinária e agropecuária, estiveram presentes e deram suas contribuições ao evento por meio de palestras e discussão em mesa redonda.

A representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Juliana Oliveira Laender, abriu a sessão de sexta-feira explanando sobre os trabalhos realizados no Ministério e ressaltou que “o objetivo de todos os veterinários deve ser a saúde animal visando, em primeiro lugar, a saúde humana”. Juliana esclareceu a situação da febre aftosa no Brasil e afirmou que não há mais registro da doença em todo o território, graças à vacinação. “O objetivo é manter o País livre de febre aftosa sem precisar de vacina, como é a realidade em Santa Catarina” – ponderou.

Em seguida, o representante do Ministério da Saúde, Francisco Edilson Ferreira de Lima Júnior, destacou a importância da intersetorialidade e da integração entre todas as áreas da saúde e esclareceu sobre o assunto que está em alta nos últimos dias: a febre amarela.

O reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo, apresentou os projetos ambientais da Universidade, que é considerada uma das mais sustentáveis do mundo, segundo o Ranking GreenMetric. Scolforo relembrou também os motivos que levaram a Instituição a receber o selo de Universidade Azul – o qual apenas a UFLA e a Universidade de Berna, na Suíça, possuem.  

No sábado, foram discutidos temas relacionados à zoonoses de importância em Saúde Pública, com a presença do professor Jacques Godfroid, da University of Troms; da representante da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, Maria Helena Franco Morais; do representante da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, Eduardo Pacheco Caldas e do professor Andrey Pereira Lage, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Os desafios para o estudo de doenças transmissíveis também foram assuntos, com a contribuição de Tatiana Mingote Ázara, da Coordenação Geral dos Programas Nacionais de Malária e Doenças Transmitidas pelo Aedes, do Ministério da Saúde, do professor Sérgio de Andrade Nishioka, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Tatiani Vitor Harvey, da Universidade Estadual de Santa Cruz e da professora Joziana Muniz de Paiva Barçante, da UFLA.

Ao final da tarde, qualidade sanitária dos alimentos de origem animal e resistência a antimicrobianos foi o tema das palestras, com a presença do professor Luis Augusto Nero, da Universidade Federal de Viçosa (UFV); da Fiscal Federal Agropecuária do Mapa, Ivana Gomes de Faria, da representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Romina Oliveira e do Secretário Geral do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Nivaldo da Silva.

Panmela Oliveira – comunicadora e bolsista Dcom/Fapemig

 

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivo