Fesex e InterCement parceiras no projeto “Na Mão Certa” contra as violências sexuais nas infâncias e adolescências no município de Ijaci



20 de dezembro de 2017, 10:12 am , com 745 visualizações

O grupo de pesquisa Relações entre filosofia e educação para a sexualidade na contemporaneidade: a problemática da formação docente (Fesex) da Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi parceiro do “Programa Na Mão Certa”, coordenado pela InterCement Brasil em Ijaci.

O Programa Na Mão Certa, lançado em 2006 pela Childhood Brasil, tem como principal objetivo promover uma ampla união de esforços para acabar com a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. A principal estratégia adotada pelas empresas é a sensibilização dos motoristas de caminhão, para que atuem como agentes de proteção dos direitos de crianças e adolescentes.

Neste ano, além da estratégia de enfrentamento junto aos caminhoneiros nas estradas, a  InterCement promoveu nas escolas municipal e estadual do município de Ijaci , em parceria com o Fesex, rodas de conversa com professores e estudantes, abordando o tema das violências sexuais.  

O Fesex entregou ao Instituto InterCement dois livros de projetos realizados pelos grupos de pesquisa intitulados “Tecendo Gênero e Diversidade Sexual nos Currículos da Educação Infantil” e “Borbulhando Enfrentamentos as Violências Sexuais nas Infâncias no Sul de Minas Gerais”. Obras coordenadas pela professora do Departamento de Educação (DED/UFLA) Cláudia Ribeiro, que subsidiam docentes, visto que o olhar do professor na escola é fundamental no combate às violências contra crianças e adolescentes.

Fesex

Coordenado pela professora Cláudia Maria Ribeiro (DED/UFLA), registrado no CNPq desde o ano de 2009, o Fesex objetiva promover reflexões teóricas sobre a temática Filosofia, Educação, Sexualidade Humana e Gênero.

Childhood Brasil 

Criada em 1999, a Childhood Brasil trabalha para influenciar a agenda de proteção da infância e adolescência no país, seja em parceria com empresas, com a sociedade civil ou com o governo. A organização tem o papel de garantir que os assuntos relacionados ao abuso e a exploração sexual sejam pauta de políticas públicas e privadas oferecendo informação, soluções e estratégias para os diferentes setores da sociedade, com o objetivo de proteger a infância e “garantir que as crianças sejam crianças”.

Texto: Fátima Ribeiro, jornalista. 

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivo