Estudantes da UFLA recebem premiação em congresso internacional

O doutorando Miguel Pizzolante Bottino recebeu o prêmio em nome da equipe

Os estudantes de pós-graduação em Ciências Veterinárias (DMV) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Luiz Augusto Capellari Leite Silva, Miguel Pizzolante Bottino, Luiz Manoel Souza Simões, Gabriella Santos e Ingris Martinez, receberam a premiação pelo melhor trabalho na área aplicada durante a XXXI Reunião da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões (SBTE), principal congresso internacional de reprodução animal realizado no Brasil. O evento foi realizado em agosto, na cidade de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco.

Sob orientação do professor José Nélio de Sousa Sales e com a colaboração do professor José Camisão de Souza, do Departamento de Zootecnia (DZO), o trabalho “Pré-sincronização por indução de folículo dominante persistente utilizando dispositivo de progesterona em protocolos de sincronização da ovulação a base de GnRH em vacas leiteiras em lactação” propõe um novo modelo de protocolo de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) para vacas em processo de lactação, com o objetivo de diminuir o número de manejos nos animais e o tempo de duração do protocolo como um todo, além de não utilizar o hormônio estradiol, atualmente proibido em alguns países.

Para o novo protocolo proposto, intitulado “Persynch”, o custo e a taxa de prenhez também foram levados em consideração, os quais não diferenciaram daqueles demonstrados pelos principais protocolos utilizados na atualidade. O projeto foi financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e realizado em fazendas produtoras de leite do sul de Minas.

Panmela Oliveira – comunicadora e bolsista Dcom/Fapemig

Câmpus da UFLA terá corte de energia nesta sexta-feira (15)

A Pró-Reitoria de Infraestrutura e Logística (Proinfra) informa que haverá corte de energia no dia 15/9, das 7h às 12h, nos setores próximos ao Laboratório de Sementes, Setor de Grandes Culturas, Agência de Inovação do Café (InovaCafé) e Viveiro Florestal.

Das 13h às 16h, o corte será nos seguintes setores: Ala 4 do Departamento de Ciência dos Alimentos (DCA), Nutrição, Engenharia Ambiental, Horto Medicinal e Departamento de Química.

Segundo a Proinfa, o motivo da falta de energia será a ligação elétrica no Laboratório de Sementes e no Complexo das Engenharias.

Panmela Oliveira – comunicadora e bolsista Dcom/Fapemig