Game Design Lab da UFLA lança novo jogo: “Peas Vs Corn”

O Game Design Lab (GDL), grupo de estudos e desenvolvimento, disponibilizou o quarto jogo eletrônico que criou: “Peas Vs Corn”, gratuito, está hospedado na plataforma Game Jolt. O game pode ser jogado gratuitamente aqui.

Este jogo, disponível para computadores, tem como cenário um prato de comida. A personagem é o último grão de milho do prato, que está sendo encurralado por ervilhas inimigas. O objetivo é eliminar as ervilhas, evitando que elas encostem no grão de milho e tirem sua energia. O jogo possui fases infinitas.

O usuário deve utilizar, para mover a personagem, as teclas de direção do teclado. O mouse direciona a mira e também é usado para atirar. Quanto mais ervilhas são eliminadas, mais pontos o jogador faz; e, conforme as fases avançam, torna-se mais difícil eliminar as ervilhas.

“A ideia de ‘Peas Vs Corn’ nasceu no evento Game Jam, ocorrido em maio de 2016 na UFLA. Nesse evento, foi proposto um desafio para a criação de um jogo em 48 horas, com o tema ‘comida’. Só que fomos aprimorando para lançá-lo depois”, conta Caio Paiva, um dos desenvolvedores e integrante do GDL. “Apesar de ser desenvolvido para a web, pretendemos passar para mobile e disponibilizá-lo em outras plataformas”, diz Nicolas Campana, que também atuou no desenvolvimento. A equipe, composta por eles e Wilson Camilo (todos estudantes de Ciência da Computação), levou um mês no processo de criação.

O GDL existe desde 2012 e tem sede no Departamento de Ciência da Computação da UFLA (DCC). Com 29 integrantes, o grupo atua no desenvolvimento de games, eventos e organização de competições nessa área. O GDL já disponibilizou três jogos na plataforma Game Jolt e um jogo, para dispositivos Android, no Google Play. A coordenação do GDL é da professora Ana Paula Piovesan Melchiori (DCC).

Curso de desenvolvimento de jogos

A próxima iniciativa do Game Design Lab é um curso gratuito e presencial sobre Desenvolvimento de Jogos. Para participar, não é preciso ter conhecimento prévio em programação. O curso focará o design de jogos, processo de produção e desenvolvimento. Os interessados devem acessar a página do curso de desenvolvimento de jogos, onde há mais informações e o link para inscrições. O curso tem início no dia 9 de maio.

Para um dos ministrantes, Lucas Barbosa (Ciência da Computação), o objetivo do curso “é desmistificar que é preciso ser um programador. A ideia e o planejamento são mais importantes”, aponta. A gratuidade também será um fator diferencial: “No Brasil, todos os cursos são privados e há um preconceito sobre os jogos. Gostaria de mostrar como é no exterior”, comenta Lucas, que se especializou nessa área quando participou do programa Ciência Sem Fronteiras.