Cafeicultores participam do XIX Encontro Sul-Mineiro na UFLA



5 de Maio de 2017, 10:08 am , com 857 visualizações

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) sediou, na última quarta-feira (3), o Encontro Sul- Mineiro de Cafeicultores. Em sua 19ª edição, o evento reuniu cerca de 700 pessoas, entre produtores e produtoras rurais, estudantes, técnicos, extensionistas, pesquisadores e empresários da região. O Encontro Sul-Mineiro dos cafeicultores é um dos maiores encontros técnicos da cafeicultura nacional e contribui significativamente para os avanços científicos e políticos do setor. Tem o objetivo de fortalecer o desenvolvimento da cafeicultura, buscando o aperfeiçoamento da qualidade e da produtividade do café, a diminuição dos custos de produção e, por conseguinte, a melhoria da renda dos cafeicultores.

Os participantes tiveram a oportunidade de trocar experiências com palestrantes renomados, além de prestigiar estandes dos núcleos de estudos, empresas juniores presentes no evento, com novidades das áreas abordadas e inovações tecnológicas na cafeicultura. O evento é organizado pela UFLA, Núcleo de Estudos em Cafeicultura (Necaf), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e contou com o apoio da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Prefeitura Municipal de Lavras, InovaCafé, Consórcio Pesquisa Café, Polo de Excelência do Café e Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (Ifsuldeminas).

Durante a abertura do evento, o diretor da Agência de Inovação do Café (InovaCafé), professor Luiz Gonzaga de Castro Júnior, reforçou que a agência é um ambiente voltado para os cafeicultores, onde são realizados diversos trabalhos que contemplam vários aspectos da cadeia do café.

Para o coordenador geral do Necaf, graduando em Agronomia Giovani Belutti Voltolini, “O Encontro Sul Mineiro de Cafeicultores é um dos nossos principais eventos, e este ano foi um grande sucesso. Contamos com a presença de mais de 700 cafeicultores, em um ambiente totalmente favorável à troca de informações e conhecimentos ligados à cafeicultura nacional. Os cafeicultores puderam se atualizar sobre a cadeia produtiva do café, por meio de palestras nas estações de campo, exposições das empresas com suas tecnologias e também pela interação entre os cafeicultores de todo o estado de Minas Gerais”.

O vice-prefeito e secretário de Agricultura do município de Lavras, Edson Alves de Abreu (Duti) considera que “o evento tem extrema importância. Hoje, no momento de crise em que vivemos, o café ainda é uma válvula de escape para nós. Sabemos que o Brasil é o maior produtor e Minas gerais o maior produtor de café do Brasil. O encontro é um evento muito importante: como pequeno produtor, digo que nunca sabemos de tudo, nós temos que estar sempre aprendendo. O evento gera uma mudança não só na cidade de Lavras, mas, também em toda região”. 

Também estavam presentes na solenidade de abertura as autoridades o PRÓ-REITOR de Extensão da UFLA, professor João José Granate Sá e Melo Marques, representando a Reitoria;, o chefe do Departamento de Agricultura (DAG) e tutor do Necaf, professor Rubens José Guimarães; o superintendente regional da Emater-MG, Marcos Antônio Fabri Júnior; e a gerente da Secretaria Municipal de Assuntos Rurais, Roseane Maria Evangelista Oliveira.

Tradição

A tradição do evento é tão grande que os produtores do município de Aguanil (MG) Silvio Candido Silveira Ferreira e Rosa Aparecida de Oliveira Silveira participam todos os anos e sempre levam novidades para sua produção de café, ampliando até para outras produções agrícolas cultivadas por eles.  “Sempre achamos bons os ensinamentos proporcionados aqui. Nós temos o nosso conhecimento, porém, é muito bom receber novos. Aprendi coisas que não só podem ser aplicadas no café como nos pés de laranja que tenho”, comenta Rosa.

Engenheiro agrônomo da Emater-MG há 24 anos, José Roberto Corrêa Miguel diz que o encontro é “importante não só para os produtores, mas também para nós, técnicos, que orientamos. O conhecimento de novas variedades, pragas, doenças e produtos é importante para orientarmos os produtores rurais a tomarem as medidas certas no momento e produto adequado. Estamos aqui praticamente todos os anos, e transmitimos os conhecimentos a um grupo de produtores, principalmente pequenos produtores rurais que são exclusivamente os clientes da Emater-MG, para que eles se atualizem. É possível ver a diferença na organização do produtor após a atualização, produzindo café de qualidade e principalmente gerando renda para as famílias”.  

Texto e fotos: Ascom InovaCafé

 

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

Maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivo