Congressos da UFLA trouxeram à tona os temas inovação e tecnologia na Universidade – confira as premiações



6 de dezembro de 2017, 5:31 pm , com 575 visualizações

O encerramento dos Congressos de Iniciação Científica (XXX Ciufla), de Extensão (XII Conex) e de Pós-Graduação (XXVI CPG) da UFLA foi realizado no dia 1º de dezembro, no Salão de Convenções da UFLA, com uma palestra sobre o tema central dos eventos, inovação tecnológica na Universidade, e premiações dos autores de trabalhos mais bem avaliados.

A palestra foi proferida pelo professor do Departamento de Direito da UFLA (DIR) Fellipe Guerra David Reis, coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica (Nintec) da Universidade. Ele expôs exemplos de universidades que impulsionaram a inovação e obtiveram bons resultados, mesmo contra severas adversidades (como Stanford, nos EUA, e Universidade Ben-Gurion, em Israel, localizadas em regiões desérticas); e de regiões que adotaram a inovação tecnológica como área estratégica da política governamental (Coréia do Sul, a partir da década de 1960). Como resultado, desenvolveram-se nessas regiões empresas gigantes da área de tecnologia.

Em seguida, o professor destacou as iniciativas governamentais e as da UFLA para a área. O Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei 13.243/2016) foi citada por facilitar: o compartilhamento de estruturas dos campi e laboratórios; a dispensa de licitação para compra de produtos de pesquisa; o apoio e criação de start-ups e spin-offs pelas universidades, entre outras questões. No âmbito das regulamentações internas, Fellipe citou a criação da Política de Inovação da UFLA; nova regulamentação de sua relação com as fundações de apoio; e reconstrução do Organograma de Trâmites Legas.

Além dessas iniciativas, o professor reforçou a atuação que o Parque Tecnológico de Lavras (Lavrastec) terá, abrigando empresas e centros de pesquisa; e o papel da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Inbatec), que apoia, atualmente, oito empreendimentos. A UFLA conta ainda com o Nintec, focado na proteção intelectual das tecnologias geradas na Instituição e interlocução entre pesquisadores e empresas.

No encerramento houve discursos dos pró-reitores de Pesquisa, de Extensão e Cultura e de Pós-Graduação. O professor Teodorico Ramalho, pró-reitor de Pesquisa, avaliou que, nessa edição, as áreas se integraram mais, a partir de uma montagem conjunta da programação. Além disso, enalteceu o recorde de resumos recebidos no Ciufla, sendo mais de 1900.

Também houve expressividade nos números do Conex, para o qual foram inscritos 500 trabalhos, de acordo com o pró-reitor de Extensão e Cultura, professor João José Granate de Sá e Melo Marques. Ele também recordou os temas e palestras de interesse comum às áreas envolvidas.

Já o pró-reitor de Pós-Graduação, professor Rafael Pio, lembrou que em 2017 a Pró-Reitoria assumiu a organização do congresso (antes a cargo da Associação de Pós-Graduandos). A transmissão simultânea das palestras, para diferentes auditórios da UFLA, foi um fator positivo lembrado por ele.

Confira os trabalhos vencedores nos arquivos anexados:

 

Veja a entrevista com o coordenador do Nintec, Fellipe Reis, sobre inovação tecnológica:

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo