Dicas de Português: Qual usar: precursor ou percursor?



23 de outubro de 2017, 2:09 pm , com 878 visualizações

Um pequeno erro de digitação pode transformar inventores em maratonistas ou o contrário. Afinal, as palavras “precursor” e “percursor” são parônimas e muito suscetíveis a confusões.

Do latim praecursor, “o que vai à frente”, a palavra “precursor” aponta pioneirismo. Galileu Galilei, por exemplo, foi considerado o precursor da astronomia. Descartes, Bacon, Locke e Newton foram os pioneiros (ou seja, precursores) do Iluminismo.

Já percursor é aquele que faz um percurso (aliás, essa palavra não é tão utilizada). Em uma maratona, por exemplo, pode-se dizer que todos os participantes são percursores.

Para não confundir os dois, lembre-se de que o prefixo pre- exprime anterioridade (pré-escola, pré-aviso e a própria palavra prefixo). Quando quiser dizer que alguém foi o primeiro a realizar algo, portanto, use “precursor”.

Descriminar ou discriminar?

Assim são as palavras parônimas: semelhantes, na escrita e na pronúncia, mas distintas em seus significados.

“Descriminar” e “discriminar” são exemplos dessa relação. Enquanto “descriminar”, escrito com “e”, é sinônimo de “descriminalizar”, “discriminar” é sinônimo de “distinguir”, “classificar por algum critério” .

Se a diferença for difícil de ser aprendida lembrando-se apenas de que o prefixo latino DES – remete à oposição (portanto, “descriminar” é o oposto de “criminar”, de “imputar culpa a”), relacione as primeiras sílabas dos sinônimos dessas duas palavras:

DES

DEScriminar = DEScriminalizar = DESculpar

DIS

DIScriminar = DIStinguir = DIScernir

 

Fonte: escreverbem.com.br

Paulo Roberto Ribeiro

DCOM

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivo