Publicados os editais do Programa Institucional de Bolsas – inscrições até 20/6



7 de junho de 2017, 6:11 pm , com 4.714 visualizações

Foram publicados nesta semana editais do Programa Institucional de Bolsas da Universidade Federal de Lavras (PIB/UFLA). São oportunidades nas diferentes modalidades: Ensino e Aprendizagem (Pró-Reitoria de Graduação – PRG); Pesquisa (Pró-Reitoria de Pesquisa – PRP), Extensão e Cultura (Pró-Reitoria de Extensão e Cultura – Proec); além de Aprendizado Técnico (Proat), Esporte e Lazer e Ações Comunitárias (Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários – Praec). Das 1300 bolsas do Programa, pelo menos 827  estão incluídas nesta seleção, sendo 50% delas para ampla concorrência e 50% reservadas exclusivamente a estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. As inscrições vão até as 16h de 20/6. Todos os graduandos interessados devem passar pelo processo seletivo, inclusive aqueles que já participaram anteriormente do PIB/UFLA e estão com contratos vigentes até 31/7.

A classificação dos candidatos, em todas as modalidades, levará em conta, no caso das vagas destinadas à ampla concorrência, além do atendimento às exigências e critérios específicos de cada modalidade e submodalidade, o rendimento escolar por curso em percentil e os critérios estabelecidos pela Resolução CUNI Nº 019, de 16/05/2013. Já no caso das vagas reservadas, a classificação será feita por meio da pontuação da avaliação socioeconômica realizada pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec).

A previsão é de que os resultados dos processos seletivos sejam divulgados a partir de 21/7. Após prazos para interposição de recursos e confirmação do interesse pela vaga por parte dos selecionados, ocorrerá o início das atividades, estipulado para 1º/8/2017. A vigência será de até 12 meses. 

Segundo a pró-reitora de Assuntos Estudantis e Comunitários, professora Ana Paula Piovesan Melchiori, o número de bolsas disponíveis atualmente na UFLA pelo PIB permanece o mesmo de períodos anteriores – 1.300. Uma parte dessas bolsas está sendo ofertada nos editais lançados nesta semana; outra parte está ocupada por bolsistas que estão em contratos cuja vigência encerra-se em datas posteriores. Há ainda as bolsas já direcionadas a estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica ingressantes em 2017/1 (calouros). A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec) é a responsável, na Instituição, pela coordenação do Programa.

Extensão e Cultura

As bolsas da modalidade Extensão e Cultura buscam contribuir com a formação acadêmica de estudantes da graduação, ao mesmo tempo em que incentivam e contribuem para a viabilização dos projetos de extensão cadastrados junto à Proec. A disponibilidade mínima de bolsas é de 160 para iniciação em extensão e 29 para iniciação em cultura, distribuídas entre diferentes projetos. A execução do programa é da Proec.

Confira as informações detalhadas sobre o edital da modalidade Extensão e Cultura.

Pesquisa

Com o objetivo de dar oportunidade aos estudantes da graduação para o desenvolvimento do pensamento científico e iniciação à pesquisa, o Programa Institucional de Bolsa Institucional de Pesquisa (Pibic/UFLA) oferta o mínimo de 180 bolsas. A execução do programa é da PRP.

Confira as informações detalhadas sobre o edital da modalidade Pesquisa.

Ensino e Aprendizagem

Nesta modalidade estão incluídos as submodalidades Programa de Monitoria, Programa Institucional de Bolsas para as Licenciaturas do Turno Noturno (PIB LIC), Programa de Apoio à Produção de Material Didático (Promad) e Programa de Educação Tutorial Institucional. Juntas, as submodalidades ofertam 348 vagas. A execução do Programa é da PRG.

Confira as informações detalhadas sobre o edital da modalidade Ensino e Aprendizagem.

Aprendizado Técnico

O Proat objetiva despertar vocações para a o desenvolvimento técnico e tecnológico entre os estudantes de graduação da universidade; estimular os estudantes a desenvolverem atividades, metodologias, conhecimentos e práticas próprias ao desenvolvimento tecnológico e aos processos de inovação; contribuir para a melhoria da qualidade da formação dos estudantes de graduação, oferecendo-lhes oportunidades de conhecimentos e práticas em ambientes além das salas de aulas; contribuir com o desenvolvimento institucional por meio das atividades desenvolvidas, auxiliando a UFLA a cumprir sua missão educacional, gerando conhecimentos e práticas para o avanço da ciência. São 60 vagas, distribuídas entre diferentes órgãos da Universidade. A execução do Programa é da Praec.

Confira as informações detalhadas sobre o edital do Proat.

Esporte e Lazer

Um dos editais contemplados nessa modalidade é o do Programa Bolsa Atleta de Alto Rendimento, que busca fornecer apoio financeiro ao estudante praticante de esportes, garantindo-lhe recursos que possam contribuir para sua permanência na Universidade e incentivando a continuidade do treinamento dos atletas esportivos de alto rendimento da UFLA. Por esse edital estão ofertadas 20 vagas: Confira a chamada para o Programa Bolsa Atleta de Alto Rendimento.

Outro edital da área de Esporte e Lazer é de Monitoria Esportiva. O objetivo é difundir e institucionalizar o esporte e lazer como atividades acadêmicas, viabilizando a iniciação dos estudantes na área, especificamente para atuação em projetos vinculados à Coordenadoria de Esporte e Lazer da Praec. O edital prevê 20 vagas: Confira a chamada para o Programa Monitoria Esportiva. A execução do Programa é da Praec.

Ações Comunitárias

Esta modalidade tem o objetivo de estimular, apoiar e institucionalizar ações comunitárias, viabilizando a iniciação de graduandos em tais atividades, contribuindo assim para sua formação acadêmica e cidadã. Por ações comunitárias entende-se aqueles projetos pelos quais a Universidade oferece benefícios à comunidade, sem que estejam, no entanto, associados à pesquisa e ao ensino. Está previso o mínimo de dez vagas: Confira o edital para Ações Comunitárias.

 

Em todas as modalidades, os editais descrevem os compromissos dos bolsistas selecionados e dos orientadores/tutores dos projetos – que devem pertencer ao quadro de servidores da UFLA (professores e/ou servidores técnico-administrativos, dependendo da modalidade específica).

Outro ponto ao qual o estudante deve ficar atento é sobre a exigência, nas modalidades de Pesquisa e Extensão e Cultura, de que ele apresente comprovante de inscrição no curso de inglês “MyEnglish Online” (inscrição ativa); comprovante do Toefl ITP válido, com nota superior a 459; ou comprovante de proficiência em inglês. Para observação de todos os detalhes e exigências, os candidatos e os servidores orientadores de projetos deverão ler cuidadosamente os editais.

Novas regras

Nesta edição de seleção, a Praec  iniciou alterações importantes nas regras de acesso ao benefício. Com as mudanças, o objetivo é ampliar o acesso dos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica ao Programa. Considerando o mérito alcançado por eles na avaliação técnica e acadêmica a ser feita pelas pró-reitorias gestoras de cada modalidade de bolsa durante a seleção,esses estudantes poderão preencher vagas também na ampla concorrência. Por isso, os editais preveem que 50% das vagas serão destinadas aos candidatos mais bem posicionados na classificação, independentemente de serem, ou não, estudantes de em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

As demais vagas (50%) serão destinadas, conforme previsto na Resolução CUNI 019/2013, exclusivamente aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para alocação dessas vagas, serão considerados os níveis de vulnerabilidade em escala ascendente (dos mais vulneráveis para os menos vulneráveis). Professora Ana Paula ressalta estudo feito pela Praec, que verificou o bom desempenho acadêmico dos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. “Com as novas regras, esses discentes têm chances aumentadas de ter acesso à bolsa, em um processo que não faz nada além de garantir que as vagas de ampla concorrência também estejam acessíveis aos estudantes em situação de vulnerabilidade que possuem mérito para tal”.

Outra mudança no PIB/UFLA, implementada para o período 2017/1, é o fato de que os estudantes ingressantes (calouros) que possuem vulnerabilidade socioeconômica de 0 a 4 receberão bolsas pelo Programa (não inclusas na seleção de que tratam os editais publicados neste dia 6/6) durante o primeiro período do curso, sob acompanhamento e tutoria da Praec, para que possam desenvolver propostas de projetos e estabelecer contatos com possíveis coordenadores, ficando aptos ao desenvolvimento das atividades no período seguinte. “Antes dessa mudança, os calouros precisavam se candidatar aos editais sem conhecer ainda a Universidade, os projetos e professores, o que dificultava sua adequada inserção. A Praec, a partir de agora, presta a eles esse apoio direto”, diz.

A seleção traz, ainda, como novidade, a inclusão do edital para a modalidade Ações Comunitárias – esta é a primeira vez que os projetos dessa natureza têm contemplação específica.

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

junho 2017
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivo