UFLA e prefeitura de Lavras se unem para instalação de Hospital-Dia Universitário – modelo é inédito na região



1 de junho de 2017, 5:30 pm , com 2.735 visualizações

Na busca por tornar realidade os projetos que visam oferecer à população de Lavras uma contribuição arrojada na área da saúde, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) firmou parceria com a prefeitura do município para a construção e manutenção de um Hospital-Dia Universitário, a ser instalado no imóvel de propriedade da UFLA na Zona Oeste da cidade – onde funcionava o antigo Hospital do Coração. A unidade terá 100% dos atendimentos voltados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O modelo de uma estrutura credenciada como “hospital-dia” é inédito na região e inclui atendimentos de consultas médicas especializadas, exames de apoio diagnóstico especializados e cirurgias eletivas de baixa e média complexidade, que exijam internação não superior a 12 horas. De acordo com dados da prefeitura, grande parte das cirurgias feitas hoje pelo SUS no município pode ser classificada nessa modalidade. Dessa forma, a estrutura permitirá atender a uma demanda importante da população, com elevação significativa na qualidade dos serviços prestados e redução da sobrecarga dos hospitais da cidade, permitindo que eles se dediquem fortemente aos procedimentos de maior complexidade.

Pela parceria, a UFLA ficará responsável especialmente pela construção da área física, aquisição de equipamentos especializados e custeio de atividades acadêmicas envolvidas. A prefeitura contribuirá com equipamentos básicos, profissionais técnicos para atendimento e custeio dos serviços prestados à população. Uma comissão foi nomeada pelo reitor da Universidade, professor José Roberto Soares Scolforo, para dar andamento às várias fases necessárias para concretização do empreendimento: definição do projeto arquitetônico, encaminhamentos para licitação e contratação da obra, desenvolvimento de estudos e planejamentos que identifiquem as necessidades de saúde da comunidade para contemplação no projeto.

Além do benefício direto à população, o “hospital-dia” terá papel de impacto para as atividades acadêmicas dos cursos da UFLA ligados à área de saúde, notadamente Medicina, Nutrição e Educação Física. “Será um espaço rico para a complementação da formação de nossos estudantes, com foco sobre a humanização dos atendimentos e a valorização extrema do ser humano”, diz Scolforo. O reitor ressalta que a unidade já nasce tendo por princípio a oferta de um serviço de alta qualidade ao cidadão, seguindo o histórico de excelência que marca o percurso da UFLA e sua atuação nas ciências agrárias. “O ponto determinante para nós nessa iniciativa é que estejamos construindo um atendimento de saúde de ponta não só em sua qualidade técnica, mas principalmente no alto padrão de relacionamento que manteremos com cidadãos de todas as classes sociais, garantindo que todos sejam atendidos com a mesma dedicação, desde um andarilho até as pessoas mais favorecidas que usam o SUS.”

UFLA e prefeitura vêm mantendo negociações para parcerias em diferentes setores para benefício da cidade, como agricultura e educação, por exemplo. “Esse importante passo na área da saúde representa a mais expressiva união entre a Universidade e o município já realizada até hoje”, ressalta Scolforo.  Os recursos necessários para o empreendimento já estão negociados no orçamento da UFLA. “Acreditamos que esse tipo de relacionamento entre instituições, que transcende questões políticas e volta-se exclusivamente ao interesse público, é o que deve nortear os gestores”, reforça.

Para o prefeito de Lavras, José Cherem, a soma de esforços das duas instituições para a construção e manutenção de um hospital-dia traz ganhos importantes, como meios mais adequados para a captação de recursos, melhoria na qualidade do atendimento à população, melhoria da capacidade administrativa, diluição de custos e otimização do emprego dos recursos públicos. “Será uma unidade hospitalar com características inovadoras, construída em um momento em que são registrados fechamentos de leitos em outros locais do País – o que nos coloca em posição diferenciada diante do momento de crise pelo qual passa o Brasil. Preencheremos uma lacuna hoje existente na saúde pública de Lavras. Sabemos que a demanda na área é infinita, mas o avanço que se promove com esse hospital-dia é fundamental para melhor atender às pessoas que mais necessitam de cuidados”.

Preocupação com a saúde no município: um histórico das buscas por conquistas

A aprovação para abertura do curso de Medicina na UFLA em 2013 não previa a construção de um hospital universitário, o que também era uma realidade para outras universidades que tiveram os cursos autorizados naquele momento. No entanto, movida pelo desejo de poder elevar as contribuições concretas da Universidade para com a sociedade, a Direção Executiva conseguiu o apoio do Ministério da Educação (MEC), ainda em 2013, e adquiriu o imóvel do antigo Hospital do Coração.

Na continuidade das negociações com o governo na época, foi possível pactuar a construção de um hospital de porte ainda maior, o que exigia outro espaço físico para abrigá-lo – espaço que também chegou a ser viabilizado, deixando o imóvel do antigo Hospital do Coração disponível para outros projetos. “Conseguimos então novo apoio no MEC, desta vez para montar uma pequena unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas) naquela área, o que abriu uma nova possibilidade de interface com a comunidade voltada à formação técnica de nossos jovens”, relembra o reitor.

Com as mudanças no cenário político do País e a crise econômica, o novo governo manifestou impossibilidade de dar seguimento a esses projetos no momento, em função das restrições orçamentárias. “Mesmo frustrados com esse adiamento nos planos, continuamos a luta para agregar ao orçamento da UFLA recursos que permitissem, dentro do cenário atual da economia, viabilizar uma unidade hospitalar que atenda à formação qualificada dos nossos graduandos e que seja mais uma alternativa em saúde na cidade”, relata. “Com muito trabalho e apoio do MEC e de atores políticos, conseguimos agora os recursos para a construção do “hospital-dia” universitário e para os equipamentos necessários”.

O objetivo é que, apesar da crise, a agenda de ganhos para a Universidade e a região seja mantida. “Queremos contribuir para que Lavras seja, ainda mais do que já tem sido, referência regional no quesito saúde. Assim, exercemos nosso papel social. Sabemos que a UFLA – com a folha de pagamento de seus servidores, com os estudantes movimentando o mercado local, com sua capacidade de geração de empregos, com as licitações que abrem novas possibilidades para as empresas locais – é um grande motor de desenvolvimento local. E nosso compromisso é também com o social. Completamos em 1° de junho o primeiro ano de nossa segunda gestão na Universidade, felizes por podermos dar um passo adiante, mesmo no cenário de incertezas econômicas pelo qual passa o País”.

Notícias por data

junho 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivo