Palestra do Diretor do Serviço Florestal Brasileiro abordará Cadastro Ambiental Rural – inscrições abertas



18 de maio de 2017, 3:58 pm , com 476 visualizações

O diretor do Serviço Florestal Brasileiro e responsável pela gestão e coordenação do Cadastro Ambiental Rural (CAR), Raimundo Deusdará Filho, irá proferir palestra na Universidade Federal de Lavras (UFLA) na próxima sexta-feira (19/5).  O evento é aberto à participação da comunidade acadêmica e inscrições podem ser feitas no local do evento.

A palestra abordará o CAR – “implicações ambientais e sobre o desenvolvimento do agronegócio”. O início das atividades ocorrerá às 10h, no anfiteatro do Departamento de Ciências Humanas (DCH). A temática é de especial interesse para integrantes dos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Ambiental e Sanitária e Engenharia Florestal.  

A organização das atividades é feita na UFLA pelo Departamento de Ciências Florestais, por meio do Laboratório de Estudos e Projetos em Manejo Florestal (Lemaf).

Além da visita de Raimundo Deusdará, a UFLA contará também, a partir desta terça-feira (16/5), com a presença de uma equipe do Serviço Florestal Brasileiro que estará na instituição para o treinamento que marcará o início das análises do CAR em Minas Gerais. O treinamento será direcionado a integrantes do Sistema Estadual de Meio Ambiente de Minas Gerais (Sisema). Além de sediar e organizar a capacitação, a UFLA irá apoiar os profissionais do do Sisema durante os processos de análise no Estado.

Sobre o CAR

O CAR é um registro eletrônico obrigatório para os imóveis rurais do País, implementado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) no primeiro semestre de 2014. Foi criado a partir do Código Florestal Brasileiro (Lei 12.651/12) e tem a finalidade de integrar as informações ambientais referentes à situação das Áreas de Preservação Permanente (APPs), das áreas de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do Brasil.

As informações são organizadas em uma base de dados que integra as informações ambientais com fotos de satélites disponíveis a toda população. O sistema, que permite o registro e análise das informações, foi desenvolvido por uma equipe de mais de 150 pessoas (entre profissionais e estudantes ) ligadas ao Lemaf/UFLA, a convite do Ministério do Meio Ambiente. É considerado o de maior abrangência já desenvolvido na Universidade e um dos maiores cadastros ambientais georreferenciados do mundo.

Notícias por data

maio 2017
S T Q Q S S D
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivo