Projeto Cinema com Vida inicia nesta quarta (4/11) mostra com filmes de François Truffaut



3 de novembro de 2015, 2:07 pm , com 2.145 visualizações

03cartaz-cinema-com-vidaCom o início do período letivo, começa também nova fase do projeto Cinema com Vida. Desta vez, a série Mestres da Sétima Arte terá como protagonista o cineasta François Truffaut. O primeiro dos quatro filmes que serão exibidos é Garoto Selvagem, de 1970. A sessão ocorrerá em 4/11, às 14h, no Museu de História Natural (MHN). A entrada é franca e aberta aos maiores de 16 anos. O limite é de 40 participantes por sessão. Os interessados devem se inscrever pelo e-mail  cinemacomvida0@gmail.com.

Após a exibição, serão feitos comentários subsidiados teoricamente pela professora do Departamento de Educação (DED) Luciana Azevedo Rodrigues, acompanhada pelos professores Fernando Cardoso Montes (mestrando em Educação) e Angélica Lopes de Abreu Cavazzani. Na busca pela compreensão dos filmes, as referências teóricas utilizadas envolverão autores da Teoria Crítica da Sociedade, especialmente em Walter Benjamin, Teodor Adorno, Andreas Gruschka  e Christoph Türcke.

Com a Mostra, inaugura-se uma parceria com a Superintendência Regional de Ensino de Campo Belo. A participação de professores da rede estadual de educação nas atividades será reconhecida pela Superintendência como parte integrante da carga horária que deve ser cumprida por esses profissionais no chamado Módulo II (tempo para atividades extraclasses). “Estamos visitando as escolas e apresentando o projeto. A partir desse contato, devemos ter novos participantes no projeto. O grupo não pode ser grande, devido à dinâmica das atividades, mas essa parceria já democratiza e amplia o acesso”, explica a professora Luciana Azevedo Rodrigues, uma das coordenadoras do Cinema com Vida.

Para outras informações, acesse o blog do Projeto.

Sobre o Cinema com Vida

Trata-se de um projeto que vem sendo desenvolvido na Universidade Federal de Lavras (UFLA) desde 2008. Na interface entre a pesquisa e a extensão, o Cinema com Vida  utiliza a reflexão sobre obras cinematográficas alternativas às comerciais para incrementar a formação cultural de professores das escolas de ensino básico e de futuros professores.

Até 2010, o foco foi sobre filmes que abordavam temáticas relacionadas a ciência, educação e cultura. A partir de 2011, movida pela necessidade de conhecer melhor o cinema, a equipe mudou os rumos e o projeto assumiu o formato “Mestres da 7ª Arte”, estudando obras clássicas de diretores como Charles Chaplin, Orson Welles, Alfred Hitchcock, Glauber Rocha e outros. No início de 2015, a mostra dedicou-se ao Cinema Novo Brasileiro.

A coordenação das atividades é feita pelos professores Márcio Norberto Farias (Departamento de Educação Física – DEF) e Luciana Azevedo Rodrigues (Departamento de Educação – DED). Há também a participação dos professores do DED Carlos Betlinski, Dalva Lobo, Vanderlei Barbosa, além do técnico administrativo do MHN e professor de Química José Sebastião Andrade de Melo. Estudantes de graduação e pós-graduação também integram a equipe.

O projeto tem como apoiadores o Programa de Pós-Graduação em Educação; o Mestrado Profissional em Educação; o Departamento de Educação (DED); o Departamento de Educação Física (DEF); o Grupo de Estudos e Pesquisas Teoria Crítica e Educação (GEPTCE); o Laboratório Interdisciplinar sobre Corpo, Cultura e Educação (Paidéia); o Museu de História Natural (MHN); a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e a Superintendência Regional de Ensino de Campo Belo.

François Truffaut (1932 – 1984)

O diretor francês François Truffaut é um dos representantes do movimento conhecido como Nouvelle Vague (Nova Onda). Sua obra permite contemplar as emoções humanas e a forma como elas se manifestam nos momentos históricos e sociais. Destaca-se pela crítica social que realiza.  Nos filmes da Mostra, essa crítica envolve os temas infância, a educação e a memória.

Confira o fôlder com a programação da Mostra.

Sinopse de “Garoto Selvagem”

No filme, um garoto com cerca de 11 anos é encontrado por caçadores. Ele apresenta feições animalescas e parece ser mudo, sendo tratado pelas pessoas como uma espécie de “aberração”. Assim, alguns cientistas decidem estudá-lo.

O professor Itard, interpretado pelo diretor Françóis Truffaut, dá ao garoto o nome de Victor. O jovem é submetido a uma rotina exaustiva de ensinamentos e chega a apresentar certa “evolução”. No entanto, em um período de estresse, foge novamente para a floresta.

 

Direção e Roteiro: Françóis Truffaut

Produção: Artistes Auteurs Associés (A.A.A.); Les Films du Carrosse

Com: François Truffaut (Dr Jean Itard), Jean Dasté (Professor Philippe Pinel), Claude Miller (Monsieur Lemeri), Jean-François Stévenin (Countryman).

Com informações de Loren Andrade, bolsista Ascom/DSA.

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

novembro 2015
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivo