Dissertação defendida no DAE reforça a necessidade de direcionar a pesquisa para a inovação



16 de Abril de 2013, 2:12 pm , com 853 visualizações

15.04 patente

Felipe Malvezzi com os professores Dany Flavio Tonelli, Andre Zambalde, Daniel Carvalho de Rezende e Gustavo Quiroga Souki (UNA)

As formas de tornar as patentes de universidades brasileiras em inovação percebida pela sociedade têm sido discutidas tanto pela academia, quanto pelos órgãos financiadores, visando a gerar, além de conhecimento, benefícios sociais e econômicos para a universidade e para a sociedade em geral. Neste sentido, foi defendida nessa segunda-feira (15), dissertação de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Administração (DAE), que abordou as estratégias e práticas de marketing desenvolvidas por universidades brasileiras para a promoção e comercialização de registros de patentes, visando à inovação.

A dissertação foi defendida pelo estudante Felipe Malvezzi, membro do Grupo de Estudos em Marketing e Comportamento do Consumidor – Gecom/UFLA, sob a orientação do professor André Luiz Zambalde e coorientação do professor Daniel Carvalho de Rezende.

A investigação teve como pressuposto a utilização das estratégias de marketing como aspecto necessário e fundamental para o sucesso da transferência de patentes, quando se vislumbra a inovação tecnológica. Por meio da pesquisa, foram identificadas diferentes estratégias e chegou-se a conclusão de que as universidades precisam reconhecer a necessidade de se administrar os diferentes tipos de inovação de forma diferente.

Além disso, as universidades devem focar as estratégias na pesquisa orientada para a inovação, ou seja, estratégias que busquem transformar a pesquisa básica e aplicada, preferencialmente, em inovação radical, contribuindo, assim, para o desenvolvimento científico e tecnológico do País.

Página Eventos UFLA no Facebook

Diretrizes de Comunicação da UFLA

Notícias por data

Abril 2013
S T Q Q S S D
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivo